Sob o mote “Partilhar sabe bem”, Bancos Alimentares em nova campanha de recolha de alimentos

2016-11-30

Sob o mote “Partilhar sabe bem” arranca no próximo fim de semana, 3 de dezembro, mais uma campanha de recolha de alimentos, promovida pelos Bancos Alimentares Contra a Fome.

O objetivo é simples: incentivar a partilha para levar comida a quem mais precisa. Veja o filme

Esta ação solidária já bem conhecida dos portugueses, é a 50ª campanha promovida pelos Bancos Alimentares, que comemoram este ano 25 anos. 42 mil voluntários em mais de 2 mil super e hipermercados, vão convidar quem vai às compras a partilhar alimentos com quem precisa de ajuda. A campanha prolonga-se até 11 de Dezembro na internet.

Isabel Jonet, presidente da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares Contra a Fome, destaca que “não podemos ficar indiferentes a uma realidade que está em nosso redor, e essa é a razão pela qual voltamos a apelar solidariedade, envolvimento e contributo de cada cidadão contribuindo assim para melhorar o cenário de carência alimentar que continua a assolar muitos cidadãos e famílias em Portugal.”

Alguns dados
No ano passado, os 21 Bancos Alimentares em atividade distribuíram 27.370 toneladas de alimentos, prestando assistência a 2.700 instituições que os entregaram a perto de 420 mil pessoas com carências alimentares comprovadas, sob a forma de cabazes ou de refeições confecionadas.

Ajuda Vale e portal de Doação online
A campanha volta ainda a disponibilizar Vale de produtos, que estarão também disponíveis entre os dias 3 e 11 de Dezembro nas caixas dos supermercados. Cada vale tem um código de barras específico associado para os produtos que cada pessoa queira doar ao Banco Alimentar.
Adicionalmente e dando ainda a oportunidade a todos aqueles que não têm a oportunidade de se deslocarem aos pontos de recolha, que se encontram ou residem fora de Portugal, o Banco Alimentar disponibiliza ainda o portal de doação online www.alimentestaideia.pt.

Partilhar sabe bem
A campanha de Recolha de Alimentos conta com uma nova assinatura “Partilhar sabe bem”, que pretende estabelecer uma analogia com a partilha que acontece hoje nas redes sociais e que pretende motivar também a partilha desta causa, criando um verdadeiro fenómeno de “passa palavra” social.

25 Anos a levar comida a quem mais precisa
O Banco Alimentar celebra este ano 25 anos de existência, no âmbito daquele que foi declarado o Ano Nacional contra o Desperdício Alimentar. Ao longo destes anos foi possível ampliar o apoio e ajuda a quem mais precisa de se alimentar, com o envolvimento de cada vez mais voluntários, existindo hoje 21 Bancos Alimentares (zonas de Abrantes, Algarve, Aveiro, Beja, Braga, Castelo Branco, Coimbra, Cova da Beira, Évora, Leiria-Fátima, Lisboa, Madeira, Oeste, Portalegre, Porto, S. Miguel, Santarém, Setúbal, Terceira, Viana do Castelo, Viseu).
Veja o anuncio da campanha e o filme É preciso mais para que falte menos !

Para mais informações sobre a campanha, contacte:
Banco Alimentar Contra a Fome
919 000 263
www.bancoalimentar.pt

A procurar...
BA AbrantesBA AlgarveBA AveiroBA BejaBA BragaBA Castelo BrancoBA CoimbraBA Cova da BeiraBA ÉvoraBA Leiria-FátimaBA LisboaBA MadeiraBA OesteBA PortalegreBA PortoBA SantarémBA São MiguelBA SetúbalBA TerceiraBA Viana do CasteloBA Viseu

Na campanha de recolha de 27 e 28 de Maio de 2017 os Bancos Alimentares Contra a Fome angariam 1.848 toneladas de alimentos

Os Bancos Alimentares Contra a Fome recolheram no passado fim de semana um total de 1.848 toneladas de géneros alimentares na campanha realizada em mais de 2.000 superfícies comerciais de todo o País, a que acrescerão as doações online e através de vales disponíveis nas lojas, ainda não contabilizadas nessa quantidade.

Com a participação de mais de 40 mil voluntários, os resultados desta recolha, subordinada ao mote “Fazer deste dia, um dia especial está em cada um de nós”, representam um valor próximo do obtido na campanha homóloga do ano passado, confirmando quer a solidariedade sempre presente dos portugueses quer a sua confiança renovada vez após vez na ideia subjacente à atividade os Bancos Alimentares contra a Fome.

Saiba mais »

A inclusão social nos Bancos Alimentares

A inclusão social nos Bancos Alimentares

Veja o filme https://www.youtube.com/watch?v=Mg1vLhi-WDo

Porque nem só de pão vive o Homem, parafraseando Bernard Dandrel, fundador dos Bancos Alimentares na Europa, é finalidade da acção dos Bancos Alimentares, acompanhando a entrega de alimentos, a ligação solidária e afectiva, essencial para que se volte a “pôr de pé” o nosso irmão na humanidade, ferido pela vida e atirado para a margem da sociedade, a quem falta mais o amor que o pão.

Saiba mais »
mais notícias »