cartaz Obrigado
Os nossos Valores 
Partilha do Pão

A Dádiva e a Partilha

Os Bancos Alimentares são Instituições Particulares de Solidariedade Social que lutam contra o desperdício de produtos alimentares, encaminhando-os para distribuição gratuita às pessoas carenciadas, através de Instituições de Solidariedade. A actividade assenta no trabalho voluntário.

Saiba mais »

Estudo BA-ENTRAJUDA-CESOP 
Imagem site - Estudo 2014

Quem Recebe Ajuda

Estudo das Familias Carenciadas apoiadas por IPSS 

Ideais que Alimentam 
ITF - site

veja o site

http://www.ideasthatfeed.org/pt

Um site de partilha de ideias que permitem recuperar produtos para alimentar quem mais precisa. Num mundo onde os recursos são cada vez mais escassos, torna-se ainda mais necessário Recuperar e Reutilizar.

Saiba mais »

Campanha Papel por Alimentos 
Papel por alimentos

O seu papel é importante

veja o site www.papelporalimentos.pt

A procurar...
BA AbrantesBA AlgarveBA AveiroBA BejaBA BragaBA Castelo BrancoBA CoimbraBA Cova da BeiraBA ÉvoraBA Leiria-FátimaBA LisboaBA MadeiraBA OesteBA PortalegreBA PortoBA SantarémBA São MiguelBA SetúbalBA TerceiraBA Viana do CasteloBA Viseu

Bancos Alimentares recolhem 2.100 toneladas de alimentos em dois dias de campanha

Os Bancos Alimentares Contra a Fome recolheram este fim-de-semana mais de 2.100 toneladas de alimentos na campanha que envolveu mais de 42 mil voluntários em mais de 2.000 superfícies comerciais em todo o país. Os números representam um acréscimo de 3,9% comparativamente à campanha de Maio do ano anterior.

Durante a próxima semana, até dia 7 de Junho, quem não teve oportunidade pode ainda contribuir no site www.alimentestaideia.net ou através da campanha “Ajuda Vale”, em supermercados e nas bombas de gasolina.

Saiba mais »

Estudo 2015 - Situação das Famílias Carenciadas Apoiadas por IPSS

(veja o Estudo no final da página)

Um Estudo à Situação das Famílias Carenciadas Apoiadas por IPSS. Realizado pelo Centro de Estudos e Sondagens de Opinião (CESOP) da Universidade Católica Portuguesa, com base em questionários estruturados, com questões abertas, dirigidos às famílias e às instituições, distribuídos através da rede dos Bancos Alimentares e da ENTRAJUDA, o Estudo 2014 permite uma comparação com os realizados em 2012 e 2010.

Saiba mais »
mais notícias »